Expandindo seus sonhos,
com o melhor de São Luís

Nossas Lojas

Eventos corportativos, uma ciência em evolução

Diante de um mundo globalizado e cada vez mais dinâmico, a sobrevivência e o crescimento de um negócio estão diretamente relacionados à capacidade de gestores e executivos acompanharem as constantes mudanças e anteciparem tendências em seus mercados. Dessa forma, o meio corporativo vê crescer a necessidade de os profissionais se reunirem para traçar objetivos, alinhar seus negócios, falar com seus públicos, desenvolver estratégias e, especialmente, reajustar rotas constantemente. Tornam-se, assim, mais urgentes e recorrentes os eventos corporativos.

Se no passado os eventos estavam mais focados em ações motivacionais, de RH e sociais, sendo não raramente preteridos diante de outras prioridades no orçamento, nos últimos anos – especialmente de 15 a dez anos pra cá, no Brasil – eles adquiriram o status de atividade estratégica para as corporações. São neles que se estabelecem e avaliam boa parte dos rumos de um negócio. Tanto é assim que os eventos passaram a ser cuidadosamente preparados e envolver mais recursos no intuito de aperfeiçoar o tempo dos executivos – algo mais custoso do que o próprio evento em si – e favorecer o melhor desempenho possível dos participantes, gerando resultados efetivos e mensuráveis para a empresa. Em um evento com hospedagem, por exemplo, check in e acomodação têm preparo especial para não tomar tempo dos participantes. Já não basta haver salas ou centro de convenções com boa infraestrutura, é preciso oferecer espaços com total conforto ambiental, tendo em vista que isso comprovadamente ajuda a garantir um melhor desempenho dos profissionais. Aliás, a questão do bem-estar versus produtividade é responsável por boa parte das mudanças na realização de eventos nos últimos tempos. Ar condicionado comum já não é suficiente. Hoje há sistemas dotados de `inteligência embarcada`, capazes de levar em conta a quantidade de ar no ambiente e proporcionar sensação térmica agradável para todos, de maneira uniforme. Aquela história de uma parte da sala ficar gelada e a outra abafada é pouco aceitável. O isolamento acústico também foi aprimorado e já não se tolera mais vazamento de sons por meio de divisórias em eventos simultâneos. Decoração e iluminação passaram a receber mais atenção. Não por uma questão simplesmente estética, nem somente pela importância da ergonomia dos móveis – indiscutivelmente fundamental para o conforto no trabalho -, mas ainda pelo fato de que também têm efeitos comprovados no estado de espírito dos usuários de um espaço. No planejamento de um evento corporativo, já é possível contar com profissionais especializados em orientar cores, tons e materiais que favorecem a disposição física e mental para a atividade intelectual e prolongam o tempo de produtividade, sem causar cansaço visual, por exemplo. Já vimos uma iniciativa semelhante há muito nas escolas, com a mudança do quadro negro para a lousa verde, mais confortável para os olhos e capaz de destacar mais as cores dos gizes. Na mesma linha, a gastronomia também é foco de atenção. Nutricionistas orientam os cardápios ideais para garantir saciedade e agradar o paladar sem comprometer o raciocínio e a disposição dos participantes. Não é uma atuação simplista – como evitar feijoada no almoço antes de uma tarde de atividades com esforço mental -, mas uma especialização avançada, que considera a combinação de alimentos e seu efeito estimulante no cérebro. Ou seja: até as refeições passaram a ser encaradas como uma ferramenta a mais, com possibilidade de favorecer a atividade profissional. Dentro desse conceito, com apoio da área médica, já se observa uma tendência fora do Brasil de injetar oxigênio nos ambientes em eventos. O objetivo é promover a aceleração nos mecanismos de oxigenação do sangue dos participantes, aumentando a percepção, o raciocínio, os reflexos, a capacidade psicomotora. Isso tem sido praticado nos Estados Unidos com supervisão especializada. Também é tendência no exterior a não utilização de carpetes nos salões de eventos, por questões de saúde respiratória. Eles passam a ser substituídos por revestimentos especiais, semelhantes ao que se utiliza em academias de ginástica modernas, que contribuem para a acústica (não há reverberação) e dão a sensação agradável do carpete. Ainda pensando na saúde, uma universidade na Califórnia (EUA) desenvolveu um filtro para esterilização do ar. O equipamento vem sendo instalado em sistemas de ar condicionado para evitar doenças. Além de toda a questão do ambiente físico e dos recursos tecnológicos que contribuem para a evolução dos eventos corporativos, novos critérios vêm pautando as atividades nos últimos anos. Algo que veio para ficar, por exemplo, é a contratação de moderadores profissionais, muitos tidos como gurus reconhecidos, pelos quais paga-se muito dinheiro. Esses profissionais, devidamente capacitados, têm sucesso ao conduzir um evento como um verdadeiro show, envolvendo os participantes nas atividades com descontração. A experiência mostra que o formato dá mais resultados do que adotar um moderador de dentro da empresa. Da mesma forma segue-se a incorporação do outdoor training, que, após um boom inicial, conquistou o seu espaço como forma de desenvolver habilidades, superar desafios e promover experiências positivas em equipe, associadas ao ambiente de trabalho. A relação com o lazer segue a mesma dinâmica e as empresas têm tido vivências bastante positivas com esse casamento. Como se vê, o setor de eventos corporativos é uma ciência em constante evolução. A cada momento alguém inventa ou adapta algo para melhorar o conforto humano ou ampliar a produtividade. Nota-se que o aumento da demanda e a profissionalização do setor caminham lado a lado e se retroalimentam. As expectativas, por sua vez, crescem mais e mais, em busca de resultados e experiências cada vez melhores.

* Michael Asmussen é pesquisador do Núcleo de Real State da Poli – USP (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo), CEO da Asmussen & Associados e Consultor de Marketing do Espaço Rosa Rosarum.

fonte: Portal Shopping

]]>

São Luís Shopping
Todos os direitos reservados. © 2020.